domingo, abril 13, 2008

Traducción

Reflexión nocturna escuchando a MadreDeus

No me gustan las traducciones. En semanas pasadas estuve haciendo una translation para mi hermana. Pero no me gusta eso. Me gusta leer en el idioma, entenderle así, escuchar así la música y si hablo en portugués, pues pensar en portugués. Recordé que tengo que ir a Portugal, pero no he tenido tiempo!!! (sí, cómo no).

Entonces: Não gosto das traduções. No me gustan las traducciones. I don't like translations.



Esta canción me gusta, pero más me gusta la siguiente, sólo que no conseguí la música... imagínensela, es PRE-CIO-SA.

Fado Das Dúvidas

Madredeus

Composição: Pedro Ayres Magalhães

Se já não lembras como foi
Se já esqueceste o meu amor
O amor que dei e que tirei
Não queria lamentar depois

Mas uma coisa é certa eu sei
Não tive nunca amor maior

E ainda vivo o que te dei
Ainda sei quanto te amei
Ainda desejo o teu amor
Não tenho esperança de te ver
Não sei amor onde andarás
Pergunto o todo o que te vê
E nunca sei como é que estás

Agora diz-me o que farei
Com a lembrança deste amor

Diz-me tu, que eu nunca sei
Se voltarei ou não para ti
Se ainda quero o que sonhei




1 comentário:

Miztontli disse...

Me ha dado mucho gusto leerte de nuevo, me alegra saberte de vuelta :D

Gracias por la visita.